Televendas: (11) 2082-0432

Dicas de Manutenção

A conservação e durabilidade dos produtos dependem da limpeza constante com uso de produtos adequados. Por isso, fizemos uma pesquisa para você saber como deixar o seu produto com aparência de novo! Veja abaixo as instruções para cada tipo de material:


Aço Inox

O aço inox é um material de fácil conservação e é através da limpeza adequada que se mantém as características originais do produto, preservando sua resistência à corrosão, aparência e higiene. Mesmo no caso de sujeirinhas mais resistentes, inicie a limpeza com o método mais suave. Repita a operação diversas vezes, antes de recorrer aos métodos mais severos.

Instruções Iniciais de Limpeza:
  • - Limpar somente com pano seco e macio para retirar o pó;
  • - Os melhores produtos para conservar o aço inox são o sabão, a água e os detergentes suaves e neutros aplicados com um pano macio ou esponja de náilon. Depois basta enxaguar e secar com um pano macio. A secagem é extremamente importante para evitar o aparecimento de manchas na superfície do produto;
  • - Nunca utilize esponjas de aço nem produtos que contenham concentrações de aço e sal em sua composição.
Sujeira Moderada/ Manchas Leves:

1º Solução → No caso de sujeira moderada, quando a limpeza de rotina não for suficiente, aplique uma mistura feita com gesso ou bicarbonato de sódio dissolvido com álcool de uso doméstico, até formar uma pasta, usando um pano macio para passar na superfície do aço inox, tomando cuidado para não esfregar, fazendo sempre movimentos leves e constantes.

2º Solução → Também podem ser removidas com um pano macio ou toalha de papel umedecida em álcool isopropílico (encontrado em farmácias de manipulação).

Sujeira Intensa/ Manchas Acentuadas:

1º Passo → Dilua produtos de limpeza à base de amônia (que não contenham cloro em sua composição) em água morna, na proporção de duas partes do produto para uma de água.

2º Passo → Umedeça um pano macio nessa solução e passe na região, no sentido longitudinal. Não faça movimentos circulares. Após a limpeza, retire o excesso do produto com um pano macio umedecido em água morna e seque bem o local.

Importante: a secagem deve ser realizada de maneira rápida e uniforme para não surgirem manchas na superfície do móvel.

Marcas de Dedos:

- Remova com um pano macio ou toalha de papel umedecidos em álcool isopropílico (encontrado nas farmácias de manipulação) ou solvente orgânico (éter, benzina).

Manchas de Ferrugem:

- Podem ser removidas por um cotonete embebido em água e ácido nítrico a 10%, mantendo o local úmido por 20 a 30 minutos. Não deixe de utilizar luvas de borracha e proteção para os olhos. Importante: não permita o contato do ácido nítrico com partes de alumínio.

Como Proteger o Aço Inox:

- Para reduzir ao mínimo as chances de uma nova ocorrência, aplique um polidor doméstico à base de cera ou vaselina líquida sobre a superfície limpa e seca.

Atenção:

- Não recomendamos móveis de aço inox com acabamento escovado para as zonas de maresia;

- Batidas e arranhões podem romper a camada passiva de proteção e causar corrosão no local;

- Graxa, óleo, marcas de dedos, poeira, cristais de sal ou qualquer outra substância que bloqueiem o acesso do oxigênio a superfície do metal também podem causar corrosão;

- Todos os produtos de limpeza desta sessão devem ser seguidos de enxágue de água morna abundante e logo após proceder à secagem deixando o produto isento de umidade de água;

- Use somente panos limpos, escovas com cerdas macias ou buchas de náilon. Evite a utilização de saponáceos na limpeza, pois podem riscar a superfície do móvel;

- Nunca use esponja de aço para limpeza e não deixe em contato com o inox.


Aço Carbono com Pintura Eletrostática

A pintura eletrostática é a mesma aplicada em carros e é um dos acabamentos mais duráveis e resistentes para o aço carbono (ferro). A manutenção correta e a limpeza regular mantêm as propriedades do acabamento e garantem maior durabilidade ao produto.

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Espanar regularmente ou passar um pano seco e macio para retirar o pó;

- Manchas superficiais: limpe o local com um pano macio umedecido em solução com detergente neutro diluído em água. Após a limpeza, retire o excesso com um pano umedecido somente em água e, em seguida, seque bem o local. Saiba que após este procedimento, a pintura perderá um pouco do brilho e para minimizar este efeito aplique um pouco de cera automotiva.

Atenção:

- Nunca utilize produtos abrasivos ou que contenham acetona, éter ou álcool para a limpeza da pintura eletrostática;

- Móveis em aço carbono (ferro) não são indicados para uso em áreas externas e em regiões com atmosfera marinha.


Alumínio

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Utilize um pano seco e macio, tipo flanela, para retirar o pó.

Alumínio polido sem verniz: utilizar flanela levemente umedecida em álcool para limpar impurezas na superfície do material. Pode-se utilizar cera automotiva para remover manchas e realçar o brilho da peça.

Alumínio escovado sem verniz: utilizar flanela levemente umedecida em água para limpar impurezas na superfície do material.

Alumínio polido ou escovado com verniz: utilizar flanela levemente umedecida em água para limpar impurezas na superfície do material. Logo após, promover a secagem deixando o produto isento de umidade e água.

Alumínio anodizado: utilizar somente água, sabão e detergentes suaves e neutros para limpeza. Use somente panos limpos, escovas com cerdas macias ou bucha de náilon. Não utilize esponja de aço.

Como Proteger:

- Utilizar produtos de prateleira de supermercados próprios para alumínio, seguindo suas instruções de uso;

- Não utilizar qualquer tipo de abrasivo para a limpeza, como “bombril, scoth-brite, àlcool, etc”;

- Produtos em alumínio com verniz são recomendados em caso de maresia, para evitar que haja oxidação;


Cromados

O ferro quando cromado muda de aspecto, passando da cor acinzentada para uma cor prata brilhante. O que difere a qualidade do acabamento é o tempo de cromo que o mesmo ficou mergulhado, por isso há variações tão grandes de preços para um produto aos nossos olhos semelhantes.

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Limpar somente com pano seco e macio para retirar o pó;

- Nunca utilize esponjas de aço nem produtos que contenham concentrações de aço e sal em sua composição;

- Deve-se fazer, a cada 2 meses, aplicações de cera polidora automotiva à base de silicone (encontrada em postos de combustíveis ou mercados), ou vaselina líquida, e em seguida, de um pano limpo e seco para conservar o produto com o brilho.

- Atenção: nas zonas litorâneas fazer esta manutenção semanalmente.

Sujeira Moderada/ Manchas Leves:

- Podem ser removidas com um pano macio ou toalha de papel umedecida em álcool isopropílico (encontrado em farmácias de manipulação).

Sujeira Intensa/ Manchas Acentuadas:

1º Passo → Dilua produtos de limpeza à base de amônia (que não contenham cloro em sua composição) em água morna, na proporção de duas partes do produto para uma de água.

2º Passo → Umedeça um pano macio nessa solução e passe na região, no sentido longitudinal. Não faça movimentos circulares. Após a limpeza, retire o excesso do produto com um pano macio umedecido em água morna e seque bem o local.

Importante: a secagem deve ser realizada de maneira rápida e uniforme para não surgirem manchas na superfície do móvel.

Atenção:

- Não recomendamos o cromado para as zonas de maresia;

- Não recomendamos deixar esse tipo de móvel em ambientes externos, como sacadas e pátios;

- Não utilizar qualquer tipo de abrasivo para a limpeza, como “bombril, scoth-brite, àlcool, etc”;

- Graxa, óleo, marcas de dedos, poeira, cristais de sal ou qualquer outra substância que bloqueiem o acesso do oxigênio a superfície do metal também podem causar corrosão;

- Evite a utilização de saponáceos na limpeza, pois podem riscar a superfície do móvel.


- Colchões de Espuma

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Use o acessório para estofados de um aspirador de pó. Escove e aspire o pó semanalmente para permitir que o seu colchão “respire”.

Líquidos derramados:

Caso algum líquido derrame nesse tipo de colchão, seque imediatamente. Uma esponja umedecida em água fria ou em solução com detergente é capaz de eliminar a maior parte das manchas. Use um secador de cabelo para secar pequenas áreas molhadas.

Dicas:

- Retire o colchão da embalagem plástica, e deixe arejá-lo durante algumas horas antes do uso;

- Destrua a embalagem, não permitindo que crianças brinquem com as mesmas;

- Não utilize o colchão em ambientes úmidos, evitando mofo e mau cheiro do mesmo;

- Não coloque objetos pesados sobre o colchão, isto poderá deformá-lo;

- Retire a cada três dias a roupa de cama para arejá-lo e secar a umidade;

- Sempre que possível, usar um protetor para o colchão;

Atenção:

- Escove, aspire, ventile e vire seu colchão de duas em duas semanas nos três primeiros meses, e a partir daí repetir a cada mês, invertendo o lado da cabeceira, deixando-o como peseira. No próximo mês gire o lado de deitar e assim sucessivamente;

- Durante o uso normal do seu colchão, você poderá notar leve impressão do corpo, indicando que o colchão está se ajustando ao seu biótipo. Frequentemente virando o seu colchão, essas impressões se distribuirão uniformemente mantendo o conforto ao nível máximo;

- Não dobre e nem pule sobre o colchão, pois poderá prejudicar a sua estrutura;

- Não coloque papelões, plásticos ou madeira entre o colchão e o estrado, pois o colchão precisa ventilar;

- Evitar a colocação de móveis ou outros objetos pesados sobre o colchão;

- Para maior durabilidade, aparência e higiene exponha frequentemente em local arejado.

Colchões de Mola

Os colchões de molas diferem entre si de acordo com o tipo de molejo e a quantidade de camadas de conforto. Cada colchão de molas possui uma característica específica e que visa a melhor adequação à sua preferência.

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Use o acessório para estofados de um aspirador de pó. Escove e aspire o pó semanalmente para permitir que o seu colchão “respire”;

- Aplicar apenas detergente para tapeçarias para limpeza.

Líquidos derramados:

- Caso algum líquido derrame nesse tipo de colchão, seque imediatamente. Uma esponja umedecida em água fria ou em solução com detergente para tapeçaria é capaz de eliminar a maior parte das manchas. Use um secador de cabelo para secar pequenas áreas molhadas.

Dicas:

- Retire o colchão da embalagem plástica, e deixe arejá-lo durante algumas horas antes do uso;

- Destrua a embalagem, não permitindo que crianças brinquem com as mesmas;

- Não utilize o colchão em ambientes úmidos, evitando mofo e mau cheiro do mesmo;

- Não coloque objetos pesados sobre o colchão, isto poderá deformá-lo;

- Retire a cada três dias a roupa de cama para arejá-lo e secar a umidade;

- Sempre que possível, usar um protetor para o colchão.

Atenção:

- Não lavar;

- Não usar lixívia (cândida);

- Não engomar;

- Não limpar a seco.


Granitos e Mármores

O granito e o mármore são materiais provenientes da natureza sujeitos a variações de cor, veios e/ou manchas. Essas diferenças não são defeitos e, sim, características do produto.

Instruções Iniciais de Limpeza:

Passe regularmente um pano macio umedecido em água. Eventualmente, limpe com detergente neutro diluído em água. Retire o resíduo do detergente com um pano umedecido em água limpa e deixe secar naturalmente.

Atenção:

- Não use alvejante, saponáceo, ácido muriático ou qualquer outro material corrosivo;

- Evite o contato com produtos oleosos.


Fibra Natural

As fibras para a produção de móveis são extraídas de várias plantas, provenientes da Ásia, Europa e Brasil. Fatores como idade da planta, região de procedência e época da extração, influenciam na tonalidade da fibra e no resultado após o acabamento.

Instruções Iniciais de Limpeza:

-Regularmente, passe espanador ou pano seco e macio para retirar o pó. Utilize, se preferir, aspirador de pó com o acessório “vassourinha” (que acompanha os aparelhos de uso doméstico).

Atenção:

- Proteja os tampos contra objetos úmidos, quentes, coloridos que soltem tinta, pontiagudos ou cortantes;

- Não exponha o móvel à luz solar e umidade, evitando assim a durabilidade e a mudança na coloração e textura. Os produtos de fibra natural não são indicados para o uso em área externa;

- Para evitar danos irreversíveis ao acabamento, nunca use produtos como tiner, aguarrás, veja, removedor, agente abrasivo nem qualquer outro produto químico;

- Evite que a luz de abajures e luminárias incida diretamente sobre o móvel.


Madeira - Área Interna

A madeira é uma matéria prima natural. Fatores como a idade da árvore, região de procedência, época e sentido do corte influenciam em sua tonalidade, desenho e resultado final após o acabamento. Como a madeira é um elemento natural, se exposta às intempéries e à chuva deteriora-se mais rapidamente. Por isso, aconselhamos que o móvel receba manutenção periódica.

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Limpar somente com um pano macio umedecido com água e em seguida um pano seco.

Manchas:

- Utilize um pano umedecido em uma solução diluída com água e sabão neutro, e em seguida, um pano seco.

Como Proteger a Madeira:

- O envernizamento é uma das formas de protegê-la não só da ação do tempo, como também de cupins, fungos e outras pragas. Utilizando vernizes incolores ou transparentes mantém-se o aspecto original da madeira. Há muitas opções de vernizes no mercado. Faça a aplicação deste produto com uma pessoa que tenha conhecimento especifico para tal.

Atenção:

- Não exponha os produtos de madeira à luz solar, evitando assim possíveis alterações de tonalidade;

- Proteja os tampos contra objetos quentes, úmidos, coloridos que soltem tinta, pontiagudos ou cortantes;

- Para evitar danos irreversíveis ao acabamento, use produtos específicos para limpeza de madeira, de preferência à base de silicone, que proporcionam maior resistência à umidade e sujeira;

- Nunca use produtos como tiner, aguarrás, veja, removedor ou agente abrasivo;

- Evite o contato dos móveis com a água.


Madeira - Área Externa

Uma madeira muito utilizada para móveis de área externa é o eucalipto. Existem variações de tonalidade e textura da madeira, onde isso não é caracterizado um defeito. Esta madeira utilizada para os móveis de área externa é um produto natural e ao ser exposta as alterações climáticas por um período longo de tempo pode ocorrer pequenas variações em seu tom, bem como trincas e rachaduras, por isso evite deixar seu produto exposto ao ar livre por longos períodos de tempo. O contato excessivo com o sol provoca rachaduras e o contato excessivo com a água pode expandir a madeira, desalinhando o encontro de peças.

Trabalhamos ainda com móveis da verdadeira madeira de demolição, que é a peroba, extraída de construções antigas demolidas que utilizaram a madeira, ou seja, é um material reciclado para criar peças novas e cheias de arte, que seguem com responsabilidade os 3R´s pilares da sustentabilidade: Redução, Reutilização e Reciclagem. A madeira é reciclada e reutilizada, sendo que as sobras de tábuas são doadas a artesãos da própria comunidade que as transformam em pequenos objetos de decoração e a serragem advinda da fabricação dos móveis é transformada em adubo orgânico.

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Limpar somente com um pano macio umedecido com água e sabão neutro, e em seguida um pano seco.

Como Proteger:

1ª Opção: Para manter o seu móvel bonito por mais tempo, a melhor forma recomendada é aplicar o impregnante Stain, que é um produto específico para este tipo de acabamento, protege a superfície contra umidade e fungos, não trinca sob ação do sol e da chuva e ainda realça a beleza natural da madeira. Após os primeiros seis meses de uso (depende muito das condições climáticas), e depois anualmente, faça a aplicação deste produto com uma pessoa que tenha conhecimento especifico para tal. O procedimento consiste em:

  • - Limpar o móvel com um pano umedecido com água e sabão neutro;
  • - Depois de seco, avaliar a superfície da madeira e se for necessário, lixar com uma lixa fina;
  • - Aplicar o impregnante com um pincel e depois com um pano seco retirar o excesso.

2ª Opção: O verniz é o impermeabilizante mais conhecido quando o assunto é madeira. Antes muito usado, tem a desvantagem de não deixar a madeira aparente por formar uma película sobre o móvel. Além disso, pode começar a descascar após alguns meses. Ele melhora e realça o veio do material e é resistente a impactos, calor, abrasão, água e álcool. O tradicional, de resinas naturais e óleos, é diluído com aguarrás ou terebentina. Os sintéticos são compostos por resinas sintéticas, como poliuretanos e requerem diluidores especiais. Vernizes à base de água proporcionam resultados similares sem o inconveniente da limpeza e da toxicidade. Eles não racham, não lascam, nem formam bolhas, além de serem resistentes à água e ao álcool, mas podem descascar, dependendo do verniz, da madeira e das características da exposição ao meio ambiente. Não amarelam, mas podem manchar quando aplicado em várias camadas. Entre os seus inconvenientes, está a demora em secar e a dificuldade de aplicação para um acabamento perfeito.

Qualquer que seja o revestimento escolhido para proteção, é importante que seja refeito a cada ano.

Atenção:

- Recomendamos que os parafusos e demais fixações do produto sejam verificados e reapertados periodicamente;

- Nunca use produtos como tiner, aguarrás, veja, removedor ou agente abrasivo;

- Sempre que possível recolher os móveis para locais protegidos do sol e da chuva;

- É recomendável passar óleo de peroba ou linhaça uma vez por mês, para evitar que o móvel resseque. Pode ser aplicado com um pano mesmo, como se estivesse lustrando a mobília;

- Em casas perto do litoral, o cuidado deve ser redobrado, por conta da ação do ar marinho.


Laqueado Brilhante

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Utilize um pano seco e macio para retirar o pó. Se preferir, use um pano umedecido, e em seguida, um pano seco.

Manchas:

- Utilize um pano umedecido em água e sabão neutro, e em seguida, um pano seco.

Riscos:

- Para remoção de riscos superficiais utilize massa de polir automotiva número 03 aplicada com algodão para polimento. Se houver a necessidade de “abrir o brilho” utilize o produto auto brilho perfect-IT da 3M.

Atenção:

- Não exponha os produtos laqueados à luz solar direta, evitando assim possíveis alterações de coloração;

- Proteja os tampos contra objetos quentes, úmidos, coloridos que soltem tinta, pontiagudos ou cortantes;

- Para evitar danos irreversíveis ao acabamento, nunca use produtos como tiner, aguarrás, veja, removedor ou agente abrasivo;

- Evite o contato dos móveis com água.


Laqueado Fosco

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Utilize um pano seco e macio para retirar o pó. Se preferir, use um pano umedecido, e em seguida, um pano seco.

Manchas:

- Utilize um pano umedecido em água e sabão neutro, e em seguida, um pano seco.

Atenção:

- Não exponha os produtos laqueados à luz solar direta, evitando assim possíveis alterações de coloração;

- Proteja os tampos contra objetos quentes, úmidos, coloridos que soltem tinta, pontiagudos ou cortantes;

- Para evitar danos irreversíveis ao acabamento, nunca use produtos como tiner, aguarrás, veja, removedor ou agente abrasivo;

- Evite o contato dos móveis com água.


Vidros

É um material obtido pela fusão de compostos inorgânicos a altas temperaturas, e resfriado até um estado rígido não cristalizado. O vidro é um material não poroso que resiste a uma temperatura de 150ºC sem perder suas propriedades físicas e químicas, isto lhe permite ser utilizado por várias vezes, pois lhe confere a possibilidade de ser lavado e esterilizado com alto grau de segurança, além de ser 100% reciclável, diminuindo a degradação do meio ambiente devido à redução de matéria prima virgem.

Instruções Iniciais de Limpeza:

Limpar com pano umedecido em água ou álcool, após passar pano seco.

Atenção:

- Evitar colocar materiais quentes diretamente sobre o vidro, pois poderá ocorrer a quebra devido ao choque térmico;

- Colagem dos vidros: cola UV importada, com alta resistência e transparente. Mesmo assim, as mesas com esta colagem não podem ser arrastadas nem servir de apoio nem serem balançadas. Não possuem garantia em casos de descolagem.


Polipropileno

É um polímero ou plástico derivado do propeno ou propileno. O polipropileno (PP) é um tipo de plástico que pode ser moldado usando apenas aquecimento, ou seja, é um termoplástico.

Principais propriedades:

  • - Elevada resistência química e a solventes;
  • - Fácil moldagem;
  • - Fácil coloração;
  • - Alta resistência à fratura por flexão ou fadiga;
  • - Boa resistência ao impacto acima de 15 °C;
  • - Boa estabilidade térmica;
  • - Maior sensibilidade à luz UV e agentes de oxidação, sofrendo degradação com maior facilidade.
Instruções Iniciais de Limpeza:

- Aconselha-se passar um pano macio umedecido com água e em seguida um pano seco.

Manchas:

- Utilize um pano umedecido em água e sabão neutro, e em seguida, um pano seco.

Atenção:

- Não expor a luz solar, nem deixar em ambientes próximos a portas de vidro ou que recebam esse tipo de iluminação, a fim de evitar a perda de coloração (desbotamento).


Enfeites

- Nunca coloque um enfeite, um porta-retratos ou qualquer objeto diretamente sobre o móvel. Sempre coloque um feltro para protegê-lo e evitar riscos.

Sistema Eletrônico

Dicas:

- Conferir a voltagem antes de ligar;

- Observar corretamente as instruções de uso referente ao sistema eletrônico;

- Evitar que os fios fiquem expostos em local de circulação, para que não sofram atritos (como puxar, pisar ou peso), podendo ocasionar rompimento e contatos dos fios;

- Os produtos eletrônicos não possuem garantia contra intempéries ambientais ou danos na rede elétrica.

Atenção:

Condições que podem ocasionar a perda da garantia:

- Uso inadequado do móvel: é caracterizado pela exposição direta ao sol, excesso de peso, pular sobre a peça, sentar nos braços, uso por animais, etc;

- Conservação de uso de produtos domésticos, como detergentes, álcool (vide os detalhes em cada caso), ou qualquer produto químico, pois causarão danos irreversíveis ao revestimento.


Tecidos

Os tecidos são elaborados a partir de fibras têxteis de origem natural (seda, lã, algodão, linho) ou sintética. Essas fibras dão origem ao fio com o qual são executados os tecidos, através de processos artesanais ou industriais.

Para proteger os produtos em diversos tipos de tecidos, recomendamos a aplicação de um impermeabilizante e anti-mancha, usado como tratamento de tecidos que se incorpora ás fibras, formando uma camada invisível que não altera a cor, toque ou qualidade estética do tecido, que protege contra as manchas aquosas, oleosas e também contra a deposição da poeira. Para aplicação no seu estofado, entre em contato conosco - vide página Fale Conosco.

Veja abaixo as dicas para cada tipo de tecido:
- Chenille
Instruções Iniciais de Limpeza:

- Utilizar pano úmido com sabão neutro;

- Recomenda-se o uso de uma escova macia ou aspirador de pó com o acessório “vassourinha”.

Atenção:

- Não exponha o móvel à luz solar direta, evitando assim possíveis alterações de coloração (desbotamento);

- Para evitar danos irreversíveis aos tecidos, evite o uso de qualquer produto químico, principalmente à base de cloro;

- No caso de lavagem da peça, evite a secagem ao sol.

- Couro

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Utilize um pano de algodão branco para retirar o pó. Se preferir, utilize um pano úmido e, em seguida, um pano seco. Nos móveis a limpeza deve ser de cima para baixo, sem esfregar.

Manchas:

- Utilize, sem esfregar, um pano de algodão branco umedecido em uma solução de água e sabão neutro (sabão de coco). Após a limpeza, retire o resíduo de sabão com um pano de algodão branco macio, umedecido em água limpa. Deixe secar naturalmente na sombra. Não se apóie ou sente antes que o local esteja completamente seco.

Líquidos derramados:

- Limpe imediatamente com um pano macio antes que ocorra absorção ou formação de manchas. Para produtos oleosos, use um pouco de talco sobre o local e retire o excesso com um pano seco e macio. Após esses procedimentos, a área afetada pode ser limpa com um pano umedecido em água e sabão neutro (sabão de coco). Retire o resíduo de sabão com um pano umedecido em água limpa. Deixe secar naturalmente na sombra.

Atenção:

- Nunca molhe excessivamente o couro natural. Proteja-o da exposição à luz solar, calor ou de objetos úmidos, quentes, coloridos que soltem tinta, pontiagudos ou cortantes;

- Não utilize produtos químicos: álcool, alvejante, sabão concentrado, óleo, vinagre, detergente, abrasivo, solvente, benzina, amônia ou esponja.

- Couro Ecológico Sintético

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Use um pano de algodão branco, macio e seco para retirar o pó. Pode ser utilizado também aspirador de pó com o acessório “vassourinha”.

Líquidos derramados:

- Utilize, sem esfregar, um pano de algodão branco umedecido em solução de água e sabão neutro (sabão de coco). Os movimentos devem ser de cima para baixo. Após a limpeza, retire o resíduo de sabão com o pano umedecido em água limpa e seque a região. Não se apóie ou sente antes que o local esteja completamente seco.

Atenção:

- Não utilize sabão concentrado, alvejantes, produtos abrasivos, tenso-ativos (como detergente), solvente, álcool, benzina, óleo, amônia e demais produtos químicos de qualquer natureza;

- Não utilize máquina de pressão a vapor para a limpeza;

- Evite a exposição direta do móvel à luz solar.

-Couro Sintético

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Para limpeza, aconselha-se utilizar pano úmido com sabão neutro. Para não danificar o produto, aconselha-se não utilizar produtos químicos para a limpeza e evitar a exposição direta ao sol.

Atenção:

- Não exponha o móvel à luz solar direta, evitando assim possíveis alterações de coloração.

- Para evitar danos irreversíveis aos tecidos, evite o uso de qualquer produto químico, principalmente à base de cloro.

- No caso de lavagem da peça, evite a secagem ao sol.

-Recouro (Couro Prensado):

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Utilize um pano seco e macio para retirar o pó. Se preferir, use um pano umedecido, e em seguida um pano seco.

Manchas:

- Utilize um pano levemente umedecido em água e sabão neutro e, em seguida, um pano seco.

Atenção:

- Proteja contra objetos quentes, úmidos, coloridos que soltem tinta, pontiagudos ou cortantes.

- Não exponha à luz solar direta, evitando assim possíveis alterações na coloração e textura da peça, além do aparecimento de bolhas.

- Para evitar danos irreversíveis ao acabamento, nunca use produtos como tiner, aguarrás, veja, removedor, agente abrasivo nem qualquer outro produto químico;

Outros Tecidos: Nobuck, Camurça e Vaqueta com pêlo:

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Utilize apenas uma escova natural macia ou o aspirador de pó com o acessório “vassourinha”. Execute esse procedimento uma vez por semana ou de acordo com a necessidade.

Líquidos derramados:

- Devem ser imediatamente absorvidos com o auxílio de um pano ou papel absorvente, sem esfregar. Após secar naturalmente, escove de forma delicada com uma escova de cerda natural macia. Em seguida, passe o aspirador de pó.

Atenção:

- Não utilize nenhum produto químico para a limpeza dos couros nobuck, camurça e vaquetas com pêlo.


Impermeabilização

Para proteger os produtos em diversos tipos de tecidos, recomendamos a aplicação de um impermeabilizante e anti-mancha, usado como tratamento de tecidos que se incorpora ás fibras, formando uma camada invisível que não altera a cor, toque ou qualidade estética do tecido, que protege contra as manchas aquosas, oleosas e também contra a deposição da poeira. Para aplicação no seu estofado, entre em contato conosco - vide página Fale Conosco.

Derramentos Aquosos e Oleosos:

Qualquer derramamento líquido ou oleoso no tecido tratado permanecerá na superfície sob forma de gotículas ou esferas, que deverá ser absorvido de imediato com um papel absorvente, sem nunca comprimi-lo contra o tecido, pois isso provocará a penetração entre as tramas ou fibras. Existem alguns tecidos que, por terem as tramas abertas, ocorrerá uma pequena penetração, mas os seus fios estarão impermeabilizados.

Derramentos Pastosos:

Remova o excesso com uma colher e depois use a mesma técnica dos derramamentos aquosos e oleosos. Se a persistir, passar um pano branco umedecido em água morna, bem torcido.

Manchas Forçadas por entre as fibras:

- Tipo Aquoso: Remova suavemente com um pano umedecido com água morna. Se ainda permanecer, repita o processo até removê-la por completo. Passe então um pano seco.

- Tipo Oleoso ou Pastoso: Use a mesma técnica das manchas forçadas por entre as fibras do tipo aquoso. Se persistir, passe um pano branco umedecido com água morna e sabão de coco. Se ainda permanecer repita o processo até removê-lo por completo.

Instruções Iniciais de Limpeza:

- Nos estofados tratados com impermeabilizante e anti-manchas, deverá ser aplicado a cada 3 dias, um aspirador de pó ou uma escova de cerda macia. Quando notar alguma sujeira, passar um pano branco umedecido com água morna no local.

- Em sujeira mais resistente, passe um pano branco umedecido com água morna e sabão de coco no local onde estiver manchado, caso permaneça repita o processo até a remoção total.

Atenção:

- O estofado poderá ser usado após 08 horas da aplicação;

- Nunca use detergente ou produtos químicos irritantes;

- Nunca use solventes;

- A função de impermeabilizante e anti-manchas não é evitar que suje, é bem verdade que suja menos que um tecido não tratado, mas as chances de uma remoção completa são muito maiores com os tecidos tratados com impermeabilizante e anti-manchas;

- Manchas resistentes como graxa de sapato, batom ou esmalte de unha, por possuírem tinturas ou pigmentos, deixam manchas de difícil remoção, mas as chances de uma remoção completa são muito maiores com os tecidos tratados com impermeabilizante e anti-manchas.

Durabilidade:

- O produto perde sua ação impermeabilizante e anti-manchas através de atrito. Quanto mais se usar (sentar) maior remoção ocorrerá. Então, a durabilidade dependerá basicamente dos hábitos da casa e dos cuidados de manutenção. Quanto mais cuidado tiver, maior será sua durabilidade.

Fechar